22°
Máx
14°
Min

Ex-prefeito de Carambeí é multado por atraso no envio de informações

(Foto: Divulgação) - Ex-prefeito de Carambeí é multado por atraso no envio de informações
(Foto: Divulgação)

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) emitiu parecer prévio recomendando o julgamento pela regularidade com ressalvas das contas de 2011 do ex-prefeito de Carambeí Osmar Rickli (gestão 2009-2012). Foi aplicada ao gestor multa de R$ 725,48, pelo atraso de 77 dias na entrega da prestação de contas ao Sistema de Informações Municipais-Acompanhamento (SIM-AM) do Tribunal, correspondente ao sexto bimestre daquele ano.

Além do atraso no envio de informações, a análise das contas apurou divergência entre valores permanentes do balanço patrimonial do SIM-AM; ressalvas em relatórios de controle interno quanto a convênios celebrados, contratos e seus aditivos; e quanto à avaliação de bens patrimoniais em relação ao inventário. Também foram consideradas ressalvas no parecer a necessidade de ampliação do Conselho de Saúde e da Equipe de Saúde da Família e na contratação de inspetores sanitários.

A Diretoria de Contas Municipais (DCM), responsável pela instrução do processo, defendeu a regularidade com ressalva das contas e a aplicação da sanção estipulada no artigo 87, III, "b", da Lei Orgânica do Tribunal (Lei Complementar Estadual nº 113/2005), devido ao atraso na entrega dos dados ao SIM-AM. O parecer do Ministério Público de Contas (MPC) acompanhou o entendimento da unidade técnica.

Colaboração Assessoria de Imprensa.