28°
Máx
17°
Min

Ex-vereador é condenado a 14 anos de prisão por homicídio

Ponciano Abreu foi considerado culpado pela participação na morte de segurança em 2009 (Foto: Divulgação / Facebook) - Ex-vereador é condenado a 14 anos de prisão por homicídio
Ponciano Abreu foi considerado culpado pela participação na morte de segurança em 2009 (Foto: Divulgação / Facebook)

O ex-vereador Ponciano Abreu, de Cantagalo, na região central do Paraná, foi condenado ontem a 14 anos de prisão. O Tribunal do Júri condenou o ex-parlamentar, que chegou a presidir a Câmara de Vereadores, pela participação no assassinato de um segurança em 2009. O julgamento aconteceu em Ponta Grossa porque a Justiça considerou que ele era uma pessoa influente em Cantagalo e porque o crime gerou grande comoção na cidade.

De acordo com a acusação, Ponciano estava dirigindo o carro que perseguiu a vítima no dia do homicídio. Valdecir Kowalski foi morto com dois tiros, mas não há a confirmação de que ele teria atirado contra a vítima. A defesa do ex-vereador anunciou que vai entrar com recurso.

Ponciano foi vereador durante os anos de 2001 a 2008 e chegou a presidir o Legislativo municipal nos dois últimos anos de mandato.