22°
Máx
14°
Min

Família confirma a morte de garçom baleado ao tentar evitar assalto

O garçom Roderlei Willy Klitzke, de 57 anos, que foi ferido a tiros no dia 19 de setembro ao tentar impedir um assalto no bairro Santa Felicidade, morreu no domingo (2). O corpo está sendo velado na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias do bairro Pilarzinho. O sepultamento acontece nesta tarde, no Cemitério Vaticano.

Roderlei ficou internado no Hospital Evangélico e teve a morte cerebral decretada no dia 22 de setembro. Apesar disso, a família acreditava que um milagre pudesse salvar a vida dele. Roderlei que era garçom em um restaurante de Santa Felicidade, entrou em luta corporal com um homem que tentou levar a bolsa de uma mulher em frente a uma agência bancária na rua Manoel Ribas. Imagens de câmeras de segurança da agência registraram o momento. A polícia investiga o caso.