23°
Máx
12°
Min

Família pede justiça pela morte de rapaz em acidente

(Foto: Divulgação) - Família pede justiça pela morte de rapaz em acidente
(Foto: Divulgação)

A família de Rafael Laraniaga Gomes Capriotti, 28 anos, que morreu em um acidente, está organizando um protesto. Os pais José e Izeide Gomes Capriotti pedem justiça contra o condutor do outro veículo envolvido, que foi autuado em flagrante por embriaguez. Ele pagou fiança de R$ 3 mil e vai responder em liberdade.

O acidente aconteceu na noite de sexta-feira (25) com a colisão de um GM Celta, onde estava Capriotti, e uma Land Rover. Rafael foi ejetado do carro e morreu no local, já o condutor do outro veículo, Pedro Antônio Frasson Filho, 22 anos, precisou ser encaminhado ao hospital.

A noiva de Rafael, Jéssica Furquim, foi até o local do acidente e está bastante abalada. Com as alianças nas mãos, ela questionou o fato do condutor da Land Rover estar embriagado e afirmou que teve o sonho de se casar destruído.


(Foto: Índio Maringá/Rede Massa)

Os pais

A mãe do rapaz falecido, Izeide Gomes Capriotti, afirmou que espera justiça. “A gente quer lutar por outras pessoas, para que ninguém passe o que nós estamos passando.”

O jovem era técnico de refrigeração e trabalhava com o pai, José Gomes Capriotti, que lembra com tristeza da ligação que recebeu com a notícia sobre a morte do filho.

“Veio a ligação que cortou minhas pernas no meio, acabou comigo. Meu moleque vale R$ 3 mil, é a vida dele. Eu preciso de Justiça”.

A Polícia Civil de Sarandi abriu inquérito para investigar o acidente e autuou Pedro Antônio Frasson Filho por embriaguez ao volante. A família de Rafael pede o indiciamento também por homicídio.

Colaboração: Índio Maringá/Rede Massa