23°
Máx
12°
Min

Familiares protestam em primeira audiência de acidente com duas mortes

Acidente aconteceu há dois anos e a primeira audiência só aconteceu nesta segunda-feira (Foto: Maira Zimermann / Rede Massa) - Familiares protestam em primeira audiência de acidente com duas mortes
Acidente aconteceu há dois anos e a primeira audiência só aconteceu nesta segunda-feira (Foto: Maira Zimermann / Rede Massa)

A alegria e a vontade de viver dos dois amigos agora ficaram na lembrança de quem os conheceu. A foto dos rapazes estampa as camisetas das famílias deles que esperam por justiça. Juliano Wendel, de 20 anos, e Carlos Fabrício dos Santos, de 23, eram inseparáveis. Eles morreram em julho de 2014 depois que a motocicleta em que estavam foi atingida por um carro na contramão.

Conforme teste do bafômetro realizado à época do acidente, o motorista João Marcelo Moraes dirigia embriagado. A primeira audiência sobre o caso só foi marcada dois anos após a tragédia, que aconteceu em 5 de julho, na Avenida General Aldo Bonde, no Santa Terezinha. O motorista foi preso pouco tempo depois do acidente, mas ganhou o direito de responder ao processo em liberdade.

Durante a audiência, realizada no Fórum de Ponta Grossa na tarde desta segunda-feira (25), familiares dos dois rapazes realizaram um protesto pacífico pedindo por justiça e cobrando maior agilidade do Poder Judiciário no andamento do processo.

Colaboração Maira Zimermann, da Rede Massa.