26°
Máx
19°
Min

Famílias atingidas por chuva de granizo começam a receber FGTS

São mais de três mil trabalhadores com direito ao saque que receberão o benefício em Laranjeiras do Sul (Foto: Divulgação) - Famílias atingidas por chuva de granizo começam a receber FGTS
São mais de três mil trabalhadores com direito ao saque que receberão o benefício em Laranjeiras do Sul (Foto: Divulgação)

A Caixa Econômica Federal, em parceria com a Prefeitura de Laranjeiras do Sul, começou o atendimento para liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores que moram nas áreas atingidas pelo granizo em novembro de 2015. O município decretou situação de emergência em razão das fortes chuvas que atingiram a área urbana e rural, o que permite aos trabalhadores que vivem nas áreas afetadas realizar o saque do FGTS.

Entre os locais contemplados estão os bairros Água verde, Presidente Vargas, Cristo Rei, Jardim Panorama, Nossa Senhora Aparecida, São Francisco, no Centro e também na Vila Rural.

O atendimento presencial acontece no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), em frente ao Corpo de Bombeiros, para agendar atendimento na agência da Caixa. Equipes da prefeitura e Caixa Econômica farão a triagem dos beneficiários e a conferência dos documentos necessários para o saque.

Uma facilidade para quem tem seu cadastro atualizado na Caixa é a possibilidade de solicitar o saque de sua conta vinculada pelo telefone 0800 726 0207, opção 3. O trabalhador poderá receber o seu recurso com mais segurança e comodidade, sem precisar sair de casa.

Quem pode sacar

Nos municípios com declaração de situação de emergência ou estado de calamidade pública, os trabalhadores que tiveram suas residências atingidas pelo desastre e informadas pelo poder público local, têm direito a sacar o valor existente, limitado a R$ 6.220,00 por conta vinculada do FGTS. É preciso ter saldo em conta para realizar o resgate.

Documentação necessária (original e cópias)

  • - Carteira de Identidade (também são aceitos carteira de habilitação, carteira do conselho profissional, passaporte e novo modelo da Carteira do Trabalho);
  • - Comprovante de Residência (original e cópia) emitido no período de 03/08/2015 a 01/12/2015;
  • - Carteira de Trabalho (cópias das páginas da foto, de qualificação/identificação e dos contratos de trabalho) ou CNIS (a ser retirada no INSS) ou CAGED (a ser retirada no Ministério do Trabalho);
  • - Cartão do Cidadão (opcional);
  • Caso o trabalhador tenha conta na CAIXA, deve levar também o cartão, ou o número da conta, para facilitar o crédito.

Colaboração Assessoria de Imprensa.