22°
Máx
17°
Min

Famílias com pacientes internados em Umuarama perdem R$ 1 mil em golpes

Golpistas tentam cobrar de pacientes internados pelo SUS (Foto: Pixabay) - Famílias com pacientes internados perdem R$ 1 mil em golpes
Golpistas tentam cobrar de pacientes internados pelo SUS (Foto: Pixabay)

Pelo menos cinco famílias com pacientes internados em Umuarama foram alvos de golpistas. A Polícia Civil faz um alerta à comunidade sobre a ação dos estelionatários e tenta identificar como eles tiveram acesso aos dados dos hospitais, tendo como principais vítimas os parentes de pessoas em estado grave, que estão mais vulneráveis.

Os golpistas ligam para as famílias e afirmam que o Sistema Único de Saúde (SUS) não aprovou um procedimento que o paciente necessita. Por isso, exigem entre R$ 1 e R$ 1,5 mil para supostamente executar o tratamento. Desesperadas, as vítimas pagam e só descobrem o crime quando entram em contato com o hospital. 

A Polícia Civil apurou que a conta passada pelos bandidos é da Caixa Econômica Federal, registrada no Mato Grosso. “Nós orientamos as pessoas que têm parentes internados, sendo atendidos pelo SUS, para que procurem o hospital e comuniquem o golpe e depois venham à delegacia registrar uma queixa formal, mesmo antes de sofrerem algum prejuízo financeiro”, informou o delegado Fernando Ernandes Martins.

O mesmo golpe foi registrado em Maringá e as vítimas são parentes de pacientes internados em dois hospitais. Na dúvida, a orientação é sempre buscar contato com a instituição de saúde, de preferência pessoalmente.

Colaboração Alex Miranda do Tribuna Hoje