20°
Máx
14°
Min

Famílias do Residencial 2000 recebem chaves das casas

Entrega das chaves para as 268 famílias marca conclusão das primeiras etapas do empreendimento de R$ 32 milhões e que beneficiará 500 famílias (Foto: Arnaldo Alves / ANPr) - Famílias do Residencial 2000 recebem chaves das casas
Entrega das chaves para as 268 famílias marca conclusão das primeiras etapas do empreendimento de R$ 32 milhões e que beneficiará 500 famílias (Foto: Arnaldo Alves / ANPr)

Mais 268 famílias de Guarapuava receberam as chaves da casa própria. O governador Beto Richa esteve no município e entregou as moradias, junto com o prefeito César Silvestri Filho, o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, e o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche.

Richa também anunciou a implantação de voo comercial regular no aeroporto de Guarapuava, autorizou obras da Sanepar e assinou contrato para implantação do projeto paisagístico do Jardim Europeu no Parque Municipal das Araucárias, que vai se tornar um Centro de Educação Ambiental.

Retomada

As obras de construção do Residencial 2000 estavam paradas há muitos anos e foram retomadas, após contrato com outra construtora. “A Felicidade e o entusiasmo das famílias neste momento é contagiante”, afirmou o governador. “Foi uma luta para concluir todas essas obras que não são poucas. Houve esforço da prefeitura, do Governo do Estado, da Caixa (Caixa Econômica Federal) e da construtora que assumiu as obras”, disse ele.

A entrega das chaves para as 268 famílias marcou a conclusão das primeiras etapas do empreendimento de R$ 32 milhões e que beneficiará, ao todo, 500 famílias. O investimento é uma parceria do governo estadual, governo federal e prefeitura. Apenas nesta etapa, foram investidos cerca de R$ 17,2 milhões.

“Um grande projeto, agora já com etapas concluídas e entregues. Uma forte parceria que ajuda muito as famílias”, disse o prefeito César Silvestre Filho. “Hoje, em Guarapuava, chegamos perto de mil famílias atendidas com moradias nos últimos anos”, explicou.

Trabalho integrado

O presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, disse que a entrega das moradias do Residencial 2000 representa uma vitória. Ele ressaltou que as moradias valem R$ 100 mil. “As famílias nunca poderiam comprar uma residência dessa sem a ajuda do poder público. É mais que moradia, é conforto, segurança e qualidade de vida”, disse. Até o final do ano, informou, serão entregues mais 800 unidades para Guarapuava.

O empreendimento, explicou Lupion, é resultado do trabalho integrado do poder público, que no caso do governo estadual contou com a participação da Cohapar, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU) e Sanepar na viabilização da construção dos imóveis e também em obras de infraestrutura para atender os novos moradores.

Foram investidos R$ 4,8 milhões em recursos do tesouro estadual, além de um empréstimo de mais R$ 1,6 milhão na forma de financiamento à prefeitura de Guarapuava por meio da SEDU.

Os subsídios foram usados para permitir a continuidade e conclusão dos imóveis, que são destinados ao atendimento de famílias com renda mensal de até R$ 1.600. São esses subsídios que garantem que as famílias paguem prestações de no máximo R$ 80.

Colaboração Agência Estadual de Notícias.