21°
Máx
17°
Min

Famílias entram com ação para obter vagas em creche

(Foto: André Almenara) - Famílias entram com ação para obter vagas em creche
(Foto: André Almenara)

Cerca de 30 famílias vão entrar com uma ação na Justiça para obter uma vaga nos centros municipais de educação infantil de Maringá. Na manhã desta segunda-feira (14), elas foram até o Conselho Tutelar da zona norte, que está organizando as informações para o ajuizamento.

O município tem um déficit de aproximadamente 1,8 mil vagas em creches. Pelo segundo ano seguido, o Conselho Tutelar decidiu encabeçar os processos, que serão apresentados na Vara da Infância e Juventude, por meio de uma parceria com um advogado.

O presidente do Conselho Tutelar da zona norte, Carlos Eduardo Rodrigues Bonfim, acredita que a via judicial sequer deveria ser acionada, mas é necessária em virtude da situação vivida pelas crianças.

“São famílias em situação de risco ou vulnerabilidade. Pais que precisam trabalhar para sustentar os filhos. Algumas famílias estão passando necessidade. Esperamos ter uma resposta da Justiça em, no máximo, dez dias”, declarou.

No ano passado, cerca de 15 famílias conseguiram colocar os filhos na rede municipal de educação após determinação judicial.