21°
Máx
17°
Min

Festival de teatro e circo começa nesta quarta-feira

(Foto: Divulgação / Nicolas Pedroso Salazar) - Festival de teatro e circo começa nesta quarta-feira
(Foto: Divulgação / Nicolas Pedroso Salazar)

A comédia e o drama estarão juntos em mais uma edição do Festival Teatro e Circo em Festa, realizado pela Fundação Municipal de Cultura e pelo Sesc Paraná, com apoio também da UEPG. A programação terá sete espetáculos, que começam nesta quarta-feira (30) e seguem até 9 de abril, sempre no auditório B do Cine-Teatro Ópera. Duas companhias curitibanas e cinco grupos ponta-grossenses participam do evento, com diversas linguagens.

A abertura do Festival será com o infantil ‘Bambalalão’, do Núcleo de Teatro Infantil da Cena Hum Academia de Artes Cênicas, de Curitiba, com produção local do Centro de Estudos Cênicos Avançados (CECI). A peça será encenada nesta quara, às 19h, com ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Com texto de George Sada e direção de Simone Hidalgo, o espetáculo conta a história de quatro crianças que resolvem brincar num sótão e lá encontram um velho baú de figurinos. Cada traje encontrado é uma história montada. Mas junto dele, o baú reserva uma antiga história de amor. ‘Bambalalão’ ajuda a criança a entender os conceitos de teatro e seus elementos, propondo que ela invista no mundo da imaginação.

Já na tarde do dia 2 de abril, sábado, a Cia de Artes Ele Vive oferece duas oficinas: Noções de Maquiagem Artística e Social (das 14h30 às 16h30) e Workshop de Expressão Corporal (das 17h às 18h30). As inscrições custam R$ 5. À noite, às 20h, o grupo apresenta a montagem ‘Sonhos’, com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). A peça relata os sonhos de uma jovem que foram deixados de lado, pelo motivo de tantas palavras negativas. Mas chega uma hora em que ela descobre quem foi o verdadeiro culpado pela morte de seus sonhos.

O domingo (3) é reservado ao drama. O Paré Grupo de Teatro reapresenta o espetáculo ‘Súplicas’, escrito por Roberto Siemieniaco, que relembra a história de Corina Portugal, a jovem assassinada com 32 facadas pelo marido e que ficou conhecida como a ‘Santinha dos Campos Gerais’. É às 20h, com ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

A programação segue no dia 6 de abril, às 20h, com a comédia ‘O Velório’, encenada pelo Grupo de Teatro da UATI/UEPG. Vencedora do prêmio de Melhor Espetáculo da Mostra Paralela do 43º Fenata, a peça acontece no velório do Sr. Felisberto, onde sua esposa, a viúva, passa a velar o corpo, quando, de repente, começam a aparecer diversas viúvas dos mais variados lugares do Brasil, todas relembrando o grande amor, sendo que, no fundo, todas querem alguma parte da herança. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Na quinta-feira (7), às 20h, a palhaçaria entra em cena com ‘Valentina, a palhaça bailarina’, montagem do Paré Grupo de Teatro que estreia no Festival. Com texto de Roberto Siemieniaco e direção de Eduardo Godoy, os palhaços Valentina e Lalo se divertem relembrando brincadeiras infantis a partir da arte circense. Entre malabarismo, mágicas e equilibrismo, a dupla contagia o público com diversos números, relembrando também artistas paranaenses que marcaram a história do circo no país e no mundo. Entrada a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

A Cia Senhas de Teatro, de Curitiba, desembarca em Ponta Grossa na sexta-feira (8) com o premiado drama ‘Delicadas Embalagens’, com texto e encenação de Sueli Araújo e direção de movimento e preparação corporal de Cinthia Kunifas. A condução do espetáculo é feita por quatro atores que narram e vivenciam a intimidade e as perdas de uma família formada por pessoas muito jovens. São adolescentes que, trôpegos, educam suas duas filhas e tentam administrar, ao seu modo, uma vida adulta repleta de solicitações. São seres imersos em conflitos familiares. A peça, elogiada pela crítica em todo o Brasil, tem entrada gratuita e começa às 20h.

Fechando a agenda, o Grupo Teatral da Unidev apresenta o espetáculo ‘Rir e Refletir’ no sábado (9), às 20h. Como o próprio nome diz, o espetáculo busca, em um primeiro estágio, trazer ao público momentos de descontração, diversão e relaxamento, através da comédia ‘O esquisito’, para que, em um segundo momento, o espectador esteja preparado para receber uma mensagem de reflexão sobre as atitudes diárias, encenada na peça ‘A fé também vem pelo ouvir’. Ambas têm como base a família e seus dilemas, cada uma com suas peculiaridades. Ingressos a venda a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (42) 3901-1610 ou diretamente no Cine-Teatro Ópera.

Colaboração Assessoria de Imprensa.