22°
Máx
16°
Min

Filho cria ‘vaquinha’ para conseguir dinheiro para tratamento da mãe

A preocupação em salvar a vida da mãe levou um rapaz de Carambeí, a 20 quilômetros de Ponta Grossa, a tomar uma bela atitude. Ele usou um site para criar uma vaquinha online para arrecadar dinheiro para que a mãe fizesse uma cirurgia.

A professora Denise dos Anjos descobriu no ano passado um câncer de mama e realizou quimioterapia, mas não conseguiu reduzir o tamanho do nódulo. Agora, somente uma cirurgia poderá reverter o problema. “A quimioterapia era pra diminuir o nódulo. A cirurgia já era parte do tratamento, só que eu acreditava que o tratamento ia funcionar e a cirurgia seria mais tranquila, com nódulo grande a cirurgia é mais complicada”, explica a professora.

O procedimento pode ser realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas o tempo na fila de espera é de quatro a seis meses

O problema ficou ainda mais complicado quando eles descobriram o valor do procedimento. Foi aí que o estudante Evandro Santos, filho de Denise, deu início a uma campanha pela internet através do site de doação coletiva Vakinha. “Eu estava meio desesperado na noite que eu descobri [sobre a cirurgia], entrei em contato com amigos e meus e eles me acalmaram e disseram que iam pensar em alguma coisa. Na manhã seguinte, eles me ligaram e contaram sobre o site”, relembra.

Depois que o site ficou pronto, ele e os amigos começaram a compartilhar e a vaquinha ganhou proporções que nem eles mesmos imaginavam. Em apenas dois dias de campanha, eles conseguiram arrecadar mais de R$ 5 mil. E em apenas uma semana, eles já conseguiram quase R$ 10 mil, além de aproximadamente R$ 5 mil que ainda estão pendentes. O objetivo da família é arrecadar até R$ 20 mil para custear a cirurgia.

“É uma burocracia normal para todo o trâmite, mas tempo é uma coisa que eu não tenho”

O procedimento pode ser realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas o tempo na fila de espera é de quatro a seis meses. “É uma burocracia normal para todo o trâmite, mas tempo é uma coisa que eu não tenho”, conta Denise.

Para contribuir com a vaquinha, basta entrar no site Vakinha, na campanha Ajude Minha Mãe Denise.

Colaboração Rafaela Schuinka, da Rede Massa.