22°
Máx
14°
Min

Filho da prefeita, secretário de Finanças de Virmond tem prisão preventiva decretada

Charles Mierzva teria tentado impedir o recolhimento de provas pelo MP, atrapalhando a investigação (Foto: Divulgação) - Filho da prefeita, secretário de Finanças tem prisão decretada
Charles Mierzva teria tentado impedir o recolhimento de provas pelo MP, atrapalhando a investigação (Foto: Divulgação)

O Juízo da Comarca de Cantagalo a prisão preventiva do secretário de Finanças de Virmond (93 quilômetros de Guarapuava), Charles Mierzva, filho da prefeita Lenita Mierzva. Ele é um dos investigados na Operação DNA, desenvolvida pela Promotoria de Justiça de Cantagalo e pelo serviço reservado da Polícia Militar, para apurar desvios de recursos públicos, emissões de notas frias, fraudes em licitações e cobranças de propinas na prefeitura de Virmond.

A Justiça também decretou o afastamento do cargo do secretário e de outros quatro servidores públicos investigados na operação: uma assessora especial e três contadores (um deles de Turvo e dois de Goioxim). Na semana passada, o secretário e os quatro servidores chegaram a ser presos temporariamente, sendo liberados também na sexta-feira, 8 de julho.

Preventiva

De acordo com o Juízo de Cantagalo, a prisão preventiva do secretário foi decretada porque, mesmo no período em que permaneceu preso temporariamente, ele tentou impedir o recolhimento de provas (testemunhais, especialmente) pelo MP-PR, causando prejuízo às investigações. No momento, o secretário, que é filho da atual prefeita, encontra-se foragido.

Colaboração Assessoria de Imprensa.