28°
Máx
17°
Min

Filho é preso suspeito de matar a mãe para comprar drogas

(Foto: Equipe COP / Jeferson Cascavel) - Filho é preso suspeito de matar a mãe para comprar drogas
(Foto: Equipe COP / Jeferson Cascavel)

Moradores da região da Palmeirinha, em Ponta Grossa, ficaram chocados com um crime bárbaro ocorrido na noite desta quarta-feira (9). Uma mulher chamada Marlene de Castro Teixeira, de 69 anos, foi encontrada morta dentro de casa com sinais de facadas. O principal suspeito do crime, o próprio filho da idosa, foi preso em flagrante e confessou o assassinato da mãe.

Os familiares não conseguiram contato com a mulher e acionaram a Polícia Militar, que encontrou o corpo dentro do quarto. Ela estava embaixo do colchão e a cama estava virada sobre ela. O Instituto de Criminalística e a Polícia Civil foram até o local e constataram que ela foi morta com pelo menos seis facadas no tórax e abdômen. A arma do crime foi apreendida na casa.

Os investigadores e a Agência Local de Inteligência da PM começaram a levantar informações sobre suspeitos e descobriram que o autor seria o próprio filho da vítima, que seria usuário de drogas. Enquanto o Instituto Médico-Legal (IML) recolhia o corpo, os policiais que estavam na rua em busca do suspeito retornaram ao local com Jonas Portela, de 39 anos. O filho de Marlene confessou o crime.

Ele disse que, na noite anterior, ele e a mãe discutiram porque o rapaz tentava pegar objetos da casa para trocar por drogas. Como a mãe tentou impedi-lo, ele se armou com a faca e desferiu vários golpes na barriga dela. Após o crime, ele escondeu o corpo sob o colchão, trancou a porta do quarto dela e pegou vários eletrônicos e eletrodomésticos para trocar por drogas.

O suspeito foi preso em flagrante por latrocínio e ocultação de cadáver e foi conduzido até a 13ª Subdivisão Policial (13ª SDP). Ainda hoje, ele deve ser levado até a Cadeia Pública Hildebrando de Souza.