21°
Máx
17°
Min

Filho que matou o pai vai a júri em Cascavel

Está marcado para a próxima quinta-feira (04) o júri do jovem Rafael Garcia de Oliveira, 24 anos, apontado pelo Ministério Público, como autor da morte do próprio pai.

O empresário de Cascavel, Orpídio Prestes de Oliveira, 60 anos, foi agredido durante uma briga familiar e morreu em março de 2014, em um hospital de Corbélia, para onde foi levado depois de ser transferido em estado de coma profundo.

Segundo a justiça, Rafael será julgado por homicídio qualificado, devido à motivação fútil da morte.

Um laudo do IML de Cascavel apontou que a morte foi em decorrência das agressões que a vítima sofreu.

Rafael foi preso em novembro de 2014, por meio de um mandado de prisão, expedido pela justiça.

Desde então ele aguarda o julgamento. Segundo a Polícia Civil, que trabalhou intensamente na investigação, o jovem possui um histórico de passagens policiais, por conta dos constantes desentendimentos familiares.

Em uma das muitas brigas, ele chegou a pedir para que a mãe escolhesse a forma como queria morrer.