21°
Máx
17°
Min

Foz do Iguaçu: Corpo de Bombeiros reduz prazo para análise de projetos

- Corpo de Bombeiros reduz prazo para análise de projetos

Diminuiu o prazo de análise de projetos de segurança no Corpo de Bombeiros. A informação é do 9º Grupamento de Bombeiros e foi repassada à ACIFI (Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu). A entidade tem solicitado aos órgãos públicos a diminuição do tempo para emissão de alvarás no município.

Conforme levantamento do Setor de Análise e Vistoria do Corpo de Bombeiros, o tempo para análise dos projetos com hidrante (mais complexos) reduziu de 50 dias úteis (registrado em 1º de julho) para 15 dias úteis (média registrada em 16 de setembro).

O relatório também revela que o tempo para análise dos projetos sem hidrante (mais simples) diminuiu de 44 dias úteis (registrado em 1º de julho) para 12 dias úteis (média registrada em 16 de setembro).

A lei determina limite de 30 dias úteis para análise de projetos com e sem hidrante. Ou seja, atualmente o tempo médio atende a legislação estadual. Isso foi possível a partir das ações do Corpo de Bombeiros que reduziram os prazos de maneira gradativa, informa o capitão Edson Leonel Rodrigues, que atualmente responde pelo comando do 9º GB.

“A previsão era equilibrar a demanda e os prazos em outubro, mas antecipamos o objetivo”, disse o capitão. A unidade, que tem 5 analistas, contou com o reforço de mais 8 analistas durante uma semana no mês passado. O apoio veio de Cascavel, Pato Branco, Francisco Beltrão e Curitiba.

O capitão frisou, ainda, o compromisso de reativar a força-tarefa quando necessário e anunciou a entrada permanente de mais um analista e dois vistoriadores em 2017. Eles serão incorporados tão logo ocorra a formatura da turma do Curso de Formação de Soldado, em janeiro.

Para o presidente da ACIFI, Leandro Teixeira Costa, essa é uma ótima notícia e que atende os anseios da classe empresarial e os esforços para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu. “A rapidez na análise dos projetos de segurança é um estímulo para quem deseja empreender, gerando emprego e renda”, afirmou.

Orientação – O Corpo de Bombeiros ressaltou ainda a importância doacompanhamento online dos processos. Basta pedir para o arquiteto, engenheiroou contador cadastrar o e-mail do empresário ou proprietário no sistema. Assim,é possível receber uma mensagem eletrônica a cada movimentação do processo epoderá verificar, por exemplo, se ele está parado e por que está parado.

O chefe do setor de Análise e Vistoria do 9º GB, aspirante Giovane Fontes Valenga, orienta o empresário a ficar alerta no momento de construir, comprar ou alugar um imóvel. Ele argumenta que muitas pessoas, antes de estabelecer seu negócio, não verificam se o imóvel está dentro das normas do Corpo de Bombeiros. “O setor está à disposição dos proprietários e responsáveis técnicos para sanar quaisquer dúvidas, bem como acompanhar o seu processo”, completou.

Colaboração: Assessoria.