22°
Máx
14°
Min

Funcionário da CMTU flagrado ao celular recebe apenas advertência

(Foto: Facebook/Reprodução) - Funcionário da CMTU flagrado ao celular recebe apenas advertência
(Foto: Facebook/Reprodução)

O assessor técnico da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) Ricardo Moreira, flagrado ao celular enquanto dirigia um carro oficial, será apenas advertido. A decisão da comissão do Processo Administrativo Disciplinar (PAD) foi anunciada na segunda-feira (7).

A imagem ganhou as redes sociais em fevereiro, com questionamentos inclusive se ele estava sem o cinto de segurança, o que caracterizaria outra infração de trânsito.

No entanto, ao analisar a imagem, a comissão constatou que ele usava o equipamento.

Segundo a CMTU, a penalidade de advertência aplicada a Ricardo segue a mesma decisão tomada em casos similares.

Para o presidente da companhia, José Carlos Bruno de Oliveira, o resultado do PAD deverá ser acatado e respeitado. Como não foi possível lavrar o auto de infração, pela falta do flagrante por um agente de trânsito no local, o valor correspondente à multa foi doado por Ricardo ao Hospital do Câncer de Londrina, com um depósito no dia 25 de fevereiro. “O funcionário foi advertido administrativamente, penalizado financeiramente e também se desculpou com a Companhia e com a sociedade pela má conduta e pelos transtornos gerados. A recomendação do PAD será respeitada em qualquer situação dentro da CMTU e eu acato a decisão, considerando a produtividade e os trabalhos desempenhados por ele na empresa”, diz o presidente.

A CMTU ressalta que orienta todos os seus servidores para que cumpram as leis de trânsito, os quais também estão sujeitos às multas e penalidades previstas pelo CTB, mesmo em carros oficiais. Algumas situações são permitidas durante as atividades laborais, como a livre parada e circulação com os veículos devidamente identificados, em que é recomendado deixar o giroflex ligado.