22°
Máx
14°
Min

Funcionários da Urbs entram em greve geral

(Foto: Sindiurbano) - Funcionários da Urbs entram em greve geral
(Foto: Sindiurbano)

Os funcionários da Urbanização de Curitiba (Urbs) entraram em greve geral na manhã desta terça-feira (26). A categoria reivindica o pagamento de salário e vale alimentação, segundo informações divulgadas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Urbanização de Curitiba (Sindiurbano) no Facebook.

A paralisação atinge os trabalhadores da Urbs e os agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran). Os funcionários realizaram na manhã de hoje uma assembleia em frente à sede da Urbs, na Rodoferroviária, e decidiram manter a paralisação iniciada nesta terça-feira até que haja a regularização dos vencimentos. Segundo o sindicato, os atrasos salariais estão sendo recorrentes na Urbs. A mobilização foi organizada para hoje caso os valores não caíssem na conta.

A assessoria de imprensa da Urbs informou que não há salários atrasados. Segundo a empresa, conforme acordo trabalhista, o salário deve ser pago até o quinto dia útil do mês seguinte. A Urbs adianta 50% preferencialmente até o dia 25 do mês vigente e esta parcela foi paga nesta segunda-feira (25). O valor do vale alimentação também foi pago ontem, de acordo com a assessoria. 

A Urbs ainda informa que o atendimento está ocorrendo normalmente em sua sede. São cerca de 100 trabalhadores mobilizados na Rodoferroviária de Curitiba. A Urbs vai entrar na Justiça para garantir um efetivo mínimo de 80% dos trabalhadores em suas atividades. Ainda conforme a empresa, não houve a comunicação prévia oficial sobre a paralisação.