20°
Máx
14°
Min

Funcionários da Urbs paralisam atividades nesta quarta-feira

Com a mobilização, ficam paralisados os atendimentos do cartão transporte, a manutenção dos semáforos, manutenção das estações tubos, os agentes de trânsito (Foto: Luiz Costa/SMCS) - Sem proposta salarial, funcionários da Urbs paralisam atividades
Com a mobilização, ficam paralisados os atendimentos do cartão transporte, a manutenção dos semáforos, manutenção das estações tubos, os agentes de trânsito (Foto: Luiz Costa/SMCS)

A manhã desta quarta-feira (13), será decisiva para os trabalhadores da Urbs. Em negociação salarial desde fevereiro e sem uma proposta efetiva da empresa, os trabalhadores decidiram paralisar as atividades a partir de zero hora. Conforme o Sindicato dos Trabalhadores em Urbanização do Estado do Paraná (Sindiurbano), a data base da categoria é maio, e a proposta ofertada pela empresa até o momento foi de 0%, isso mesmo, 0%, enquanto a inflação do período foi de quase 10%.

Conforme a assessoria do Sindicato, a expectativa é que até amanhã pela manhã, a empresa apresente uma contraproposta que contemple pelo menos 9,83%; de inflação, e a manutenção de todas as cláusulas já conquistadas e inclusas no Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016.

A categoria marcou assembleia para às 8h30, na Sede da Urbs, na Rodoferroviária onde a decisão de deflagração de greve ou retomada dos trabalhos. Com a mobilização, ficam paralisados os atendimentos do cartão transporte, a manutenção dos semáforos, manutenção das estações tubos, os agentes de trânsito.