27°
Máx
13°
Min

Funcionários da Urbs voltam ao trabalho após paralisação de dois dias

 A paralização ficará suspensa até nova audiência, marcada para a próxima quinta-feira (21) (Foto: Sindiurbano) - Funcionários da Urbs voltam ao trabalho
A paralização ficará suspensa até nova audiência, marcada para a próxima quinta-feira (21) (Foto: Sindiurbano)

Depois de dois dias de paralisação, os trabalhadores da Urbanização de Curitiba (Urbs) voltaram ao trabalho nesta sexta-feira (15), após assembleia realizada no começo da manhã. A paralisação ficará suspensa até nova audiência, marcada para a próxima quinta-feira (21) no Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR).

A decisão de suspender a greve foi tomada em audiência de conciliação realizada ontem (14), no TRT-PR, que encerrou sem acordo entre as partes. Caso não haja acordo na próxima audiência, a greve será julgada pela Seção Especializada do TRT e os trabalhadores voltam à paralisação.

“Vamos continuar negociando para chegar a um acordo. Caso isso não ocorra na próxima audiência, a paralisação volta a acontecer”, afirmou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Urbanização do Estado do Paraná (Sindiurbano), Valdir Mestriner.

A data-base, um dos motivos da paralisação, foi definida para 1º de maio e o reajuste salarial ficou fixado em 10%. No entanto, ainda não há acordo referente ao pagamento retroativo à data-base.

Colaboração Louise Fiala