28°
Máx
17°
Min

Funcionários do PSM ameaçam deflagrar ‘Operação Tartaruga’

(Foto: Divulgação) - Funcionários do PSM ameaçam deflagrar ‘Operação Tartaruga’
(Foto: Divulgação)

Sem receber desde março, funcionários do Pronto Socorro Municipal ameaçam colocar em prática a chamada ‘Operação Tartaruga’, uma forma de protesto em que eles atenderiam os pacientes de forma mais lenta. A situação caótica da saúde municipal foi trazida à tona pelo vereador Jorge da Farmácia (PDT) em uma sessão da Câmara de Vereadores de Ponta Grossa.

“Os médicos não querem aumento, reajuste, só querem receber o que é de direito. Eles estão aí desde fevereiro, não é só de agora. Isso aconteceu no ano passado e fizeram um documento e, depois disso, aconteceu tudo novamente. Eles receberam em fevereiro pela última vez. Samu, Pronto Atendimento e médicos do PSM, em torno de 50 médicos que estão sem receber”, explica o parlamentar.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a antiga administradora, a empresa Atual Médica, fez a solicitação dos pagamentos após abril. O comunicado informa que o Município está em dia, aguardando apenas que a empresa apresente os documentos condicionantes para o referido pagamento. A Prefeitura esclarece ainda que os processos se encontram em trâmites administrativos.

Colaboração Maira Zimermann, da Rede Massa.