27°
Máx
13°
Min

Gaeco investiga denúncia de golpe contra jogadores de futebol

O Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Maringá investiga a denúncia de golpes contra jogadores de futebol. O acusado é o atual presidente do clube Grêmio Maringá, David Marcelo Ferreira, mais conhecido como Kadu. Sete pessoas já foram ouvidas e as investigações devem ser encerradas ainda este ano.

Thiago Mazotti afirma que foi uma das vítimas do golpe. Com passagem por times do interior de São Paulo, Minas Gerais, Itália e Bulgária, em 2013, ele teria sido procurado por David Marcelo Ferreira com uma proposta para jogar na Espanha, com um salário de 10 mil euros ao mês.

A família desembolsou R$ 66 mil para que Mazotti pudesse buscar o sonho, mas nada do que foi prometido se concretizou. Ele foi colocado em um time da terceira divisão espanhola e precisou trabalhar de garçom para não passar fome. Após três meses, com a ajuda da família, conseguiu retornar ao Brasil e denunciou o caso.

Carlos Vinícius Santos de Jesus, jogador de futebol de Aracaju, também denunciou o presidente do Grêmio Maringá. Ambos pedem justiça, como mostra a reportagem exibida pela Rede Massa/TV Tibagi. Kadu, o acusado, preferiu não gravar entrevista, mas alegou que é vítima de perseguição.