23°
Máx
12°
Min

Gangue da marcha ré ataca duas vezes na madrugada

(Foto: Divulgação) - Gangue da marcha ré ataca duas vezes na madrugada
(Foto: Divulgação)

Dois casos de arrombamento de lojas foram registrados na madrugada desta sexta-feira (29) em Curitiba. Nas duas situações, os suspeitos usaram veículos para entrar nos estabelecimentos. 

Um dos arrombamentos aconteceu na rua Rutildo Pulido, no bairro Cajuru, quando dois indivíduos usaram um veículo Celta prata para entrar na loja. O motorista deu marcha ré e danificou a entrada do estabelecimento. Os dois roubaram roupas e fugiram do local.

Uma loja na rua São José dos Pinhais, no bairro Sítio Cercado, também foi arrombada após suspeitos usarem um Clio. Segundo informações da Polícia Militar, a ação foi flagrada por moradores da região. Os suspeitos saíram do local e ainda efetuaram disparos de arma de fogo em via pública. Ninguém ficou ferido.

O presidente da Associação de Comércio, Indústria e Serviços da Região Sul de Curitiba (Comsersul), Carlos Mori, conta que a mesma loja já foi danificada pela gangue da marcha ré neste mês. “Somente no Sítio Cercado foram seis ou sete ocorrências desta maneira nos últimos 40 dias. Os suspeitos usam ou veículos ou pé de cabra para arrombar as lojas”, contou.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação) 

Segundo Mori, os estabelecimentos da rua São José dos Pinhais são bastante visados. Diante da violência, a associação criou um grupo no Whatsapp com contatos dos comerciantes da região. O objetivo é compartilhar informações para estimular a prevenção contra roubos e furtos. “O grupo funciona desde setembro e tem gerado bons resultados. Compartilhamos até informações de pessoas tentando repassar notas falsas, por exemplo. Isto tem ajudado muito na prevenção”, explicou.

Os comerciantes ainda estudam outras medidas para auxiliar neste monitoramento do comércio e na prevenção de casos de violência.