22°
Máx
17°
Min

Golpe da Copel volta a ser aplicado em Ibaiti

(foto: Jonas Oliveira/ANPr) - Golpe da Copel volta a ser aplicado no Norte Pioneiro
(foto: Jonas Oliveira/ANPr)

A Polícia Militar registrou mais uma ocorrência de estelionato praticado por pessoas que se passam por funcionários da Copel.

Na tarde de segunda-feira (1º) em Ibaiti (94 km de Jacarezinho), um homem bateu à porta de uma casa se dizendo gerente da Copel e solicitando a entrada para fazer instalação de um equipamento no valor de R$ 400 que baixaria significativamente o valor da conta mensal de energia elétrica.

O inquilino entrou em contato com o proprietário da casa, que autorizou a instalação.

Durante o procedimento, o suposto funcionário ainda furtou a quantia de R$ 500 que estaria guardada em um dos cômodos. Também foram levados a carteira de identidade e um cartão do Banco do Brasil.

O morador registrou boletim de ocorrência e disse não ter visto o momento em que o estelionatário deixou a residência.

Alerta

A Copel lembra à população que em nenhuma circunstância seus funcionários ou os de empresas por ela contratadas recebem no ato dinheiro ou outros valores do consumidor a título de remuneração por serviços, taxa de visita, uso de material ou instalação de equipamento.

Todas as taxas de serviço da Copel são cobradas através da conta de luz. Além disso, os empregados ou os contratados da Copel não adentram nos imóveis, a não ser nos raros casos em que o medidor de consumo esteja instalado no interior da construção.

Em caso de dúvida, a empresa solicita que o consumidor entre em contato para confirmar se há algum serviço a ser realizado no seu endereço. A Central de Atendimento da Copel funciona 24 horas por dia pelo fone 0800 51 00 116. Se o consumidor suspeitar de que pode estar sendo vítima de um golpe, ele deve avisar imediatamente a Polícia.