22°
Máx
14°
Min

Governo garante R$ 15 milhões para novo hospital em Arapongas

(foto: Venilton Küchler/SESA) - Governo garante R$ 15 milhões para novo hospital em Arapongas
(foto: Venilton Küchler/SESA)

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, garantiu nesta sexta-feira (7) o repasse de R$ 15 milhões para a construção da segunda unidade do Hospital Norte Paranaense (Honpar), em Arapongas. O recurso está reservado no orçamento estadual para 2017 e vai viabilizar a implantação do primeiro módulo do novo hospital, que contempla a ala do Pronto Socorro.

O projeto está pronto e a obra deve ser iniciada no ano que vem. "Trata-se de um novo hospital, que será referência de atendimento SUS para toda a macrorregião. O investimento nesta obra demonstra o reconhecimento do Estado ao trabalho de excelência que tem sido desenvolvido por esta instituição ao longo de tantos anos", destacou o secretário.

A previsão é que o Pronto Socorro tenha 4 mil metros quadrados, divididos em quatro pavimentos. O terreno do novo hospital já está sob posse da associação mantenedora do Honpar e fica em uma região de fácil acesso, às margens da rodovia PR-444. A ala terá capacidade para realizar cerca de 4 mil atendimentos por mês e servirá como retaguarda para a Rede Paraná Urgência.

O anúncio foi feito durante a solenidade de entrega de uma série de equipamentos para reforçar a estrutura de atendimento do Honpar - antigo Hospital Regional João de Freitas. Ao todo, o Estado investiu R$ 2,7 milhões na aquisição do conjunto de aparelhos destinados ao centro cirúrgico.

Reforço

Para o presidente da associação mantenedora do hospital, Umberto Tolari, a iniciativa do Estado em apoiar o Honpar traz benefícios inestimáveis à população. "Pudemos reformular três salas cirúrgicas. Isso nos dá condições de agilizar o atendimento da população e garantir ainda mais qualidade e segurança ao paciente que é submetido a uma cirurgia, seja ela eletiva ou de urgência", ressaltou.

Entre os itens adquiridos com recursos estaduais estão aparelhos de imagem e instrumentos cirúrgicos como: 20 monitores multiparamétricos, cinco cardioversores, três focos cirúrgicos, três câmeras cirúrgicas, dois analisadores de gases, um videolaparoscópio, um videoendoscópio neurológico e um endoscópio.

(com assessoria de imprensa)