20°
Máx
14°
Min

Greve dos servidores de Araucária vai continuar

(Foto: Divulgação/Sifar) - Greve dos servidores de Araucária vai continuar
(Foto: Divulgação/Sifar)

Os servidores públicos municipais de Araucária decidiram por unanimidade continuar em greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em uma assembleia no final da tarde desta quinta-feira (31), no segundo dia de paralisação dos trabalhadores do município da Região Metropolitana de Curitiba.

Amanhã, a intenção dos grevistas é se reunir em frente à Câmara Municipal da cidade a partir das 7h para, então, seguir até a casa do prefeito Olizandro Ferreira (PMDB), onde vão tomar juntos o café da manhã. Na sequência, os trabalhadores voltam para a sede da Prefeitura de Araucária, onde acontece a concentração da greve desde a última quarta-feira (30).

De acordo com o Sindicato dos Funcionários e/ou Servidores Públicos de Araucária (Sifar), que representa a categoria, neste segundo dia da greve, mais dois Centros Municipais de Educação Infantil (Jardim do Conhecimento e o Tupy II) não abriram nesta quinta. Ao todo, segundo o sindicato, 90% dos CMEIS estão total ou parcialmente fechados.

Já os serviços de urgência e emergência da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e do Pronto-Atendimento Infantil (PAI) estão mantidos com o número mínimo de funcionários, conforme determina a legislação. De acordo com o Sifar, as estruturas de assistência social e as unidades de saúde do município tiveram 95% de adesão.

Os trabalhadores alegam que a Prefeitura não recebeu até aqui a comissão de negociação do sindicato. A reportagem tentou o contato com o Executivo municipal, mas ninguém atendeu as ligações. Nesta manhã, a Prefeitura informou que nenhuma reunião está prevista para acontecer com a comissão.

Pautas  da categoria

São cinco as reivindicações prioritárias dos servidores: reajuste salarial de 11,93%; aumento no vale-alimentação de R$300 para R$500; pagamento das progressões atrasadas; contratação de mais servidores via concurso público; e que o repasse para o Fundo de Previdência seja feito de forma correta pela Prefeitura.