22°
Máx
16°
Min

Greve no Hospital de Clínicas entra no segundo dia

(Foto: Arquivo) - Greve no Hospital de Clínicas entra no segundo dia
(Foto: Arquivo)

Os funcionários do Hospital de Clínicas contratados por meio da Funpar entraram no segundo dia de greve nesta terça-feira (7), em Curitiba. Os trabalhadores devem realizar uma assembleia ainda hoje para avaliar os rumos da mobilização.

Além disto, para as 15h está programada uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). “Ainda não sabemos quem solicitou o dissídio, se foi o patronal ou o Ministério Público. Mas vamos participar da audiência de conciliação. Se a intenção é resolver a greve, o caso passa em resolver o reajuste salarial e outros itens da convenção coletiva de trabalho”, explica Carla Cobalchini, diretora do sindicato. 

e acordo com ela, entre ontem - início da paralisação - e hoje, não houve apresentação de nova proposta por parte da Funpar. Os trabalhadores reivindicam 20,16% de reajuste salarial, enquanto a Funpar fez uma contraproposta de 5,2%. Segundo o Sinditest-PR, a adesão à greve foi de 80% da categoria. 

O Hospital de Clínicas informou, por meio de assessoria de imprensa, que deve fornecer informações sobre como a paralisação está afetando o atendimento no final da manhã desta terça-feira. O hospital comunicou ontem que a Central de Agendamento ficou fechada no primeiro dia de greve e apenas os pacientes de fora de Curitiba conseguiram agendar consultas e exames. Foram realizadas consultas eletivas apenas de pacientes de outras cidades. Foi suspenso o atendimento no banco de sangue e havia demora na realização de exames.