21°
Máx
17°
Min

Grupo cerca ônibus do Atlético-PR para "protestar" com vandalismo

A derrota para o Coritiba no último domingo gerou a insatisfação dos torcedores atleticanos. No entanto, o descontentamento com o time se tornou vandalismo. Um grupo de “torcedores” cercou o ônibus da equipe no Contorno Sul de Curitiba, que seguia sentido terminal Afonso Pena, de onde seguiria para Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde o Atlético disputa o primeiro jogo da semi-final da Primeira Liga, diante do Flamengo.


Quando cercou o ônibus, o grupo começou a tacar pedra e paus no veículo. Além disso, eles colaram cartazes com os dizeres “time sem vergonha” e “time pipoqueiro”. O grupo ainda disparou foguetes ao lado do ônibus. Em um dos áudios, uma pessoa que supostamente participou da ação afirmou que se o time não ganhar a próxima partida, “o protesto vai continuar”.


A Polícia Militar informou que não foi acionada para atender a ocorrência. A reportagem tentou entrar em contato com o Atlético-PR, mas ninguém atendeu as ligações.