26°
Máx
19°
Min

Guarda Municipal de Londrina recebe três novas viaturas

(Foto: Divulgação) - Guarda Municipal de Londrina recebe três novas viaturas
(Foto: Divulgação)

O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, e o secretário municipal de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães, entregaram nesta quinta-feira (14) três viaturas que serão usadas pela Guarda Municipal de Londrina (GM), em substituição a outros veículos da GM. O Município adquiriu com recursos próprios três carros modelo Pálio Weekend Adventure Locker, cada um no valor de R$ 88.506, com um investimento total de R$265.518.

As viaturas possuem compartimento especial na parte traseira para o transporte de pessoas detidas. Também contam com sistema de iluminação de LED e foram personalizadas com a nova identidade visual da Guarda Municipal de Londrina, que pretende unificar a identificação dos veículos. Ao todo, a Guarda Municipal possui atualmente 29 veículos, sendo dois da Patrulha Maria da Penha.

Kireeff contou que os veículos substituídos serão encaminhados à leilão, gerando recursos que serão investidos novamente em renovação da frota. “Temos feito esta renovação em diversas secretarias, como a da Saúde, Obras e Pavimentação, Agricultura e Abastecimento, entre outras, e a GM também tem esta necessidade”, destacou.

O Coronel Rubens Guimarães informou que as novas viaturas serão incorporadas às atividades gerais da Guarda Municipal, proporcionando melhora na qualidade dos serviços prestados. “Há uma necessidade de renovação da nossa frota de veículos e isso será feito aos poucos, conforme seja viável”, apontou. Segundo ele, uma das vantagens do modelo dos veículos é que ele permite a utilização também na zona rural.

Avanços

Durante solenidade de entrega, o coronel destacou algumas conquistas da Guarda Municipal nesta gestão. Ele lembrou que no início da gestão do prefeito Kireeff o efetivo da GM era composto por 182 agentes, sendo que 30 já aguardavam o chamamento de outros concursos, e hoje o efetivo dobrou, pois é composto por 366 agentes.

Ele também destacou que, além dos cursos de formação, os guardas passaram por diversos treinamentos e capacitações como: curso de fiscalização ambiental; sobre drogas/Projeto Crack é Possível Vencer; de tecnologia não letal; de armamento e tiro; condução de motocicletas; semana de prevenção de desastres; atendimento com produtos perigosos; polícia comunitária; evacuação de alunos em escolas que estão em situação de perigo; técnicas de armas; treinamento de defesa pessoal, entre outros.

Além disso, segundo o coronel, a Central de Monitoramento que em 2012 recebeu o total de 283 chamadas, em 2015 recebeu 1.843 chamadas. Destas, cerca de 561 foram por uso e tráfico de drogas. “Outro progresso foi a reposição de fardamentos e equipamentos, como coletes a prova de balas, com orçamento do Município no valor de, aproximadamente, R$ 900 mil”, disse.

Além disso, ele lembrou que em 2012 a Guarda Municipal atendia 14 postos e hoje atende 50, além de aproximadamente 20 pontos de patrulhamento, como praças, lagos, academias ao ar livre, entre outros, além das demandas do dia a dia. 

Decreto

Durante a solenidade, o prefeito Alexandre Kireeff anunciou que, atendendo a uma demanda das Polícias Civil e Militar, além da Guarda Municipal, ele vai assinar um decreto que autoriza a Prefeitura a interditar, revogar ou cassar o Alvará de Licença de estabelecimentos que sejam vinculados à aquisição ou recebimento de objetos furtados. Isso será feito mediante comunicação formal das autoridades policiais, Ministério Público ou Poder Judiciário

O decreto deverá ser assinado, durante solenidade na próxima semana, com data a ser definida. “O decreto irá propiciar eficiência à atuação da repressão e a prevenção da criminalidade, porque ao adquirir ou receber um objeto de furto o estabelecimento estará sujeito ao fechamento de sua atividade”, destacou Kireeff.

Colaboração Assessoria de Imprensa.