22°
Máx
16°
Min

Haitianas fazem cursos para ingressar no mercado de trabalho em Londrina

(Foto: Divulgação) - Haitianas fazem cursos para ingressar no mercado de trabalho
(Foto: Divulgação)

Promover a qualificação profissional do setor hoteleiro sem deixar de lado a responsabilidade social. É com base neste princípio que 23 mulheres haitianas iniciaram nesta segunda-feira no Senac Londrina o curso de capacitação de técnicas para camareira, ministrado pela instrutora de turismo e hospitalidade do Senac, Adriana Figureiredo.

A realização só foi possível pela grande parceria entre diversas entidades. Por meio de um empresário do ramo de turismo, membros do Rotary Alvorada souberam da situação de vulnerabilidade das haitianas da região e procuraram parceiros que pudessem ajudar a inserí-las no mercado de trabalho. A Cáritas Arquidiocesana de Londrina, entidade ligada à Igreja Católica, fez o recrutamento destas mulheres, que atualmente moram em Londrina, Cambé e Rolândia.

A partir deste momento, o Sindhotéis Londrina foi essencial na sequência da iniciativa social. Todas as 23 inscrições do curso oferecido pelo Senac Londrina foram patrocinadas integralmente pela entidade, com o aval do presidente do sindicato patronal dos hoteis, restaurantes e bares de Londrina e região, Alzir Bocchi.

“Temos nossa responsabilidade social. Vamos trabalhar para que estas mulheres, ao término do curso, sejam empregadas nos hoteis de Londrina, de acordo com as determinações do Ministério do Trabalho e com as leis vigentes“, destaca Alzir Bocchi.

Das 23 haitianas, poucas estão empregadas. De maneira geral, as mulheres que sabem falar português atuam como diaristas. A grande maioria ainda não encontrou um trabalho para garantia do sustento da família. Algumas já moram na região desde 2013, mas há também quem chegou há um mês.

O curso de capacitação de técnicas para camareira tem duração total de 15 horas e segue até a próxima sexta-feira. Ao término das atividades, as mulheres haitianas irão receber um certificado emitido pelo Senac. A região de Londrina tem atualmente sete mil leitos distribuídos entre hoteis, resorts e moteis.

(com assessoria de imprensa)