22°
Máx
16°
Min

Homem dado como morto 'ressuscita' na preparação do velório em Londrina

(foto: N.Com/Divulgação) - Homem dado como morto 'ressuscita'  na preparação do velório
(foto: N.Com/Divulgação)

Um homem dado como morto “ressuscitou” na manhã desta sexta feira (23) em Londrina.

O corpo de Milton Alves de Souza, de 68 anos, já estava sendo preparado para o velório por profissionais da Acesf (Administração de cemitérios e serviços funerário de Londrina) quando começou a respirar novamente.

O paciente foi atendido por socorristas do Samu e encaminhado à Santa Casa, onde segue na UTI. Ele está inconsciente e respirando por aparelhos. Hipotérmico, o paciente é mantido aquecido com manta térmica e soro fisiológico aquecido.

Segundo Luís Koury, diretor do Hospital da Zona Norte, Milton teve quatro paradas cardiorrespiratórias na quinta-feira e, por volta das 15h de quinta-feira (22), a enfermeira constatou a morte e chamou a médica de plantão, que confirmou o óbito, ouvindo o coração com o estetoscópio e a checagem de pulso.

O Hospital montou uma comissão interna para investigar o caso e a  médica que atestou a morte já apresentou um relatório sobre o caso nesta manhã. A enfermeira também vai ser ouvida.

São investigadas as hipóteses de narcolepsia, distúrbio do sono que sinais vitais diminuem a quase zero, tornando o pulso e a respiração quase imperceptíveis. Outra possibilidade é a Síndrome de Lázaro,  em que o coração para de bater e volta subitamente depois, sem explicação plausível. Esta síndrome foi observada em cerca de 30 pacientes nos últimos 30 anos.

A família de Milton informou que fará o boletim de ocorrência sobre o caso.