21°
Máx
17°
Min

Homem de 32 anos é acusado de 19 estupros em Maringá; DNA já comprovou autoria em quatro casos

Exames de DNA demonstram que um homem de 32 anos seria o autor de quatro casos de estupro ocorridos no ano passado, em Maringá. Eber Ferreira da Silva é acusado de 19 abusos sexuais na cidade, cometendo os crimes desde 2013.

O delegado-chefe da 9ª Subdividão Policial de Maringá, Osmir Ferreira Neves Junior, destacou que a chegada dos resultados dos exames possibilitou a comprovação da autoria, com base no material genético colhido nas vítimas.

Silva foi detido em setembro de 2015 na Vila Morangueira, zona norte da cidade, após supostamente ter estuprado duas mulheres. Uma delas anotou a placa do carro do acusado e repassou à polícia.

Imagens de câmeras de segurança obtidas pela Polícia Civil mostram o acusado seguindo as duas vítimas. Para o delegado Osmir Ferreira Neves Junior, não restam suspeitas da autoria dos quatro crimes do ano passado.

Já o preso declara que é a palavra das vítimas contra a dele. Caso seja comprovada a responsabilidade dos outros 15 abusos, as penas somadas podem chegar a 190 anos de prisão.

Colaboração Nádia Lopes e Manoel Vilela da Rede Massa