24°
Máx
17°
Min

Homem diz que matou idoso pois o mesmo teria envenenado gatos

Foto: Léo Silva - Homem diz que matou idoso pois o mesmo teria envenenado gatos
Foto: Léo Silva

Investigadores e um escrivão da 48ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Assis Chateaubriand estiveram na manhã desta sexta-feira (10), realizando levantamentos no local onde aconteceu o crime contra Eduardo Joaquim de 87 anos, vítima de agressão provocada por pauladas, na quinta-feira (09), na rua dos Gerânios no Jardim Panorama, divisa com o loteamento Casa Grande em Assis Chateaubriand. 

Wilson Evaristo Reis de 47 anos que assumiu a autoria do crime foi levado ao local pelos policiais e apresentou um pedaço de madeira, relatando ser o utilizado no crime. Trata-se de um pé de banco, medindo aproximadamente 30 cm.

O autor se encontra preso na 48ª DRP, após ser detido pela equipe da Polícia Militar, horas depois do crime. Já a vítima, foi encaminhada em estado grave ao Hospital Beneficente Moacir Micheletto, de onde foi transferido pela USA do SAMU ao Hospital Bom Jesus de Toledo, não resistiu e faleceu no período da noite. O corpo passou pelo IML, foi liberado, velado na capela mortuária da funerária Bom Samaritano e será sepultado por volta das 16h00, no cemitério municipal Jardim da Paz.

Ainda de acordo com Wilson, este relatou a polícia que praticou o crime, pelo fato da vítima ter matado os gatos do mesmo por envenenamento e o idoso teria tentado agredir ele, sendo que este, de posse de um pedaço de madeira, desferiu vários golpes conta a cabeça de Eduardo, resultando em ferimentos graves. Marcas de sangue da vítima ficaram no sapato do agressor. Wilson se encontra a disposição da justiça.

Colaboração: Léo Silva / Rádio Jornal AM