24°
Máx
17°
Min

Homem é condenado a 18 anos de prisão mesmo sem comparecer ao júri

Foto: Rede Massa - Homem é condenado a 18 anos de prisão mesmo sem comparecer ao júri
Foto: Rede Massa

O réu João Machado foi condenado a 18 anos de prisão, na tarde desta terça-feira (19), em Foz do Iguaçu, mesmo sem comparecer ao júri. Ele foi acuado de um homicídio ocorrido em janeiro de 2001, na Vila Maracanã, em Foz do Iguaçu.

João já havia sido julgado pelo homicídio em abril de 2013, na época acabou absolvido. O Ministério Publico recorreu da decisão e pediu para que o júri fosse anulado, por entender que a decisão foi contraditória a prova dos autos processuais.

Desta vez João acabou condenado pela morte de Leonildo Silva, mas o réu não compareceu ao julgamento, mesmo assim, foi condenado à revelia. Segundo a justiça o homem não foi localizado, por isso foi julgado mesmo sem estar presente.

A decisão do júri chegou a pena de 18 anos de prisão. A defesa do réu compareceu e apresentou argumentos para inocentar João.

Colaboração: Márcio Falcão / Rede Massa