24°
Máx
17°
Min

Homem foi enrolado em colchão e queimado vivo, diz delegada

O homem encontrado morto em uma estrada rural de Carlópolis, no norte Pioneiro, foi queimado ainda vivo, segundo a delegada Silmara Pereira, que cuida do caso. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) de Jacarezinho ainda sem identificação, com idade entre 20 e 30 anos e duas tatuagens nas costas, com os dizeres “Adriano” e “Silas, amor eterno!”.

“O autor a enrolou em um colchão, despejou material combustível sobre seu corpo e ateou fogo. Os exames não mostraram nenhum tipo de agressão contra a vítima, que apesar de carbonizada teve parte das costas protegida pelo próprio colchão e pelo solo”, detalhou a delegada. 

As investigações prosseguem, e Pereira não descarta que a vítima seja de fora e tenha sido executado na região para despistar os trabalhos da polícia.

(com informações de Luiz Guilherme Bannwart, do Tanosite)