23°
Máx
12°
Min

Homem vem do MS até Umuarama para saber se ossada pertence a filho

Ossos foram encontrados em canavial, em Cidade Gaúcha (Foto: Rede Massa) - Homem vem do MS para saber se ossada pertence a filho
Ossos foram encontrados em canavial, em Cidade Gaúcha (Foto: Rede Massa)

Um senhor veio do Mato Grosso do Sul até Umuarama para tentar desvendar o desaparecimento do filho Klaus Kadama. Existe a possibilidade de uma ossada encontrada, em um canavial de Cidade Gaúcha, pertencer ao homem.

No início deste mês de julho, a polícia localizou uma ossada em meio a um canavial, que foi encaminhada para análise em Curitiba. Salvador Antunes e a filha tiraram sangue para exame de DNA, na tentativa de identificar se o falecido era Klaus Kadama.

Antunes destaca que apenas o DNA poderá responder a dúvida, porém, acredita que não seja seu filho, pois o homem não tinha um dos dentes e a arcada dentária do canavial estava completa.

A última vez que o desaparecido teve contato com a família foi em setembro de 2013. O pai declarou que perdeu o filho para as drogas.

Prisão

Acusado de um estupro, Noel Cavalcante foi preso em Campo Mourão e assumiu ter matado Klaus Kadama. Porém, em 2014, o homem fugiu da cadeia e morreu com um tiro no peito, em Naviraí (MS).

A Polícia Civil continua as investigações para saber se a confissão de Cavalcante era realmente verdadeira.

Colaboração Alex Miranda da Rede Massa