22°
Máx
16°
Min

Homens são mortos em ações diferentes da PF e PM; um foi preso

Foto: André Garcia / Rede Massa - Homens são mortos em ações diferentes da PF e PM; um foi preso
Foto: André Garcia / Rede Massa

Cleiton Rafael Pastre foi baleado pela Polícia Militar. O rapaz de 25 anos de idade estava armado com uma pistola .40 e teria reagido a abordagem dos PMs, no Bairro Santa Cruz, região Oeste de Cascavel.

Cleiton foi apontado como autor de um atentado. Ele teria obrigado o motorista e passageiros de um ônibus a descerem. Ele atirou nos pneus do veículo e teria ateado fogo, na fuga ainda atirou no para-brisa.

Cleiton foi cercado pela polícia quando corria pela Avenida Tito Muffato. Ele levou dois tiros no peito foi socorrido pelo Siate, mas morreu dentro da ambulância.

Segundo a PM o atentado ao ônibus pode ter sido uma represália pela morte de outro rapaz. O crime foi cerca de cinco horas antes, em uma casa no Bairro Coqueiral.

Três homens invadiram a casa para roubar, mas, quando o primeiro entrou na casa deu de cara com um policial federal que visitava a família. O rapaz morreu na hora.

Investigadores da Delegacia de Homicídios estiveram no local e apuram o caso. Os outros dois homens que teriam participado da tentativa de assalto conseguiram fugir.

O IML identificou que o rapaz que tentou assaltar na casa onde o PF estava é Guilherme Ângelo Freitas, 16 anos. Ele seria primo do jovem morto pela PM, o que reforça a tese de que o atentado ao ônibus foi proposital.

Inquéritos para apurar os casos

Tanto a Polícia Federal quanto a Polícia Militar vão instaurar procedimentos internos para apurar a ação dos policiais. Todos os envolvidos que presenciaram os casos, vão ser ouvidos.

GDE prende terceiro envolvido em assalto

A Polícia Civil de Cascavel, por meio do GDE, identificou e prendeu na manhã de hoje o terceiro homem que entrou na casa onde o PF estava.

Segundo a polícia ele é Douglas Gonçalves dos Santos, 18 anos. Ele foi reconhecido pelas vítimas do assalto e deve agora responder pelo crime. A investigação continua.

Colaboração: Cristiane Guimarães / Rede Massa