22°
Máx
14°
Min

Homologado reajuste para motoristas e cobradores

Data-base da Convenção Coletiva de Trabalho de motoristas e cobradores é 1º de fevereiro (Foto: SMCS / Prefeitura de Curitiba) - Homologado reajuste para motoristas e cobradores
Data-base da Convenção Coletiva de Trabalho de motoristas e cobradores é 1º de fevereiro (Foto: SMCS / Prefeitura de Curitiba)

O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) e o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano e Metropolitano de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp) chegaram a um acordo para a nova Convenção Coletiva de Trabalho da categoria. A homologação das principais cláusulas aconteceu durante audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na noite desta terça-feira (1).

Foram definidos os reajuste, piso salarial e vale-alimentação. A partir de agora, o piso salarial para motorista será de R$ 2.202,00, enquanto o valor-base para cobradores será de R$ 1.247,00. O reajuste salarial será de 11,30% e o vale-alimentação passa para R$ 500. Também foi definido um abono salarial de R$ 390.

A diferença entre o valor antigo e o novo piso será quitada posteriormente ao pagamento do salário de fevereiro. Segundo o TRT, a diferença do valor salarial reajustado será disponibilizada aos trabalhadores até o dia 11 de março. No caso do cartão-alimentação, a diferença será depositada até o dia 09 de março.

Nesta quarta-feira (2), o Setransp e o sindicato que representa os trabalhadores do setor administrativo das empresas de ônibus se reúnem em audiência no TRT. Serão discutidas as cláusulas econômicas e sociais da Convenção Coletiva de Trabalho 2016.