28°
Máx
17°
Min

Hospital da Zona Norte será parcialmente interditado para reforma

Hospital da Zona Norte será parcialmente interditado  para reforma

O Hospital Anísio Figueiredo (Zona Norte) em Londrina será interditado parcialmente para reforma. Segundo o diretor-geral do hospital, Luiz Khoury, as mudanças na parte elétrica e hidráulica atendem exigências da Vigilância Sanitária e do Corpo de Bombeiros.

Também serão construídas divisórias nos quartos e construídos novos banheiros. As obras, que tem previsão de durarem um mês, só começam quando o número de leitos ocupados, atualmente 30, cair pela metade.

Com isso, não serão mais atendidas as procuras espontâneas ao hospital, somente casos de urgência e emergência e encaminhamentos pelo Samu e Siate.

Khoury argumenta que 92% dos atendimentos feitos pelo hospital são procura espontânea, cujo destino correto seria as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da cidade.

A reforma deve custar cerca de R$ 50 mil, verbas provenientes do governo estadual e do Cismepar. A intenção é fazer, de forma escalonada, uma reforma completa no hospital, que sofre com a superlotação em seus corredores lotados de macas.

(colaborou Laís Cardoso/Rede Massa)