28°
Máx
17°
Min

Hospital de Andirá dobra taxa de ocupação e vira referência em cirurgias eletivas

(Foto:Venilton Küchler) - Hospital dobra taxa de ocupação e vira referência em cirurgias
(Foto:Venilton Küchler)

Com o apoio do Governo do Estado, o Hospital Beneficente de Andirá está se especializando na oferta de cirurgias eletivas (não emergenciais) para pacientes do SUS - Sistema Único de Saúde. Em pouco tempo, a unidade passou de um hospital de pequeno porte, com abrangência municipal, para se tornar um importante serviço de referência macrorregional nas áreas de cirurgia geral, ginecológica e ortopédica.

Atualmente, o Hospital de Andirá recebe pacientes de quatro regiões do Estado: Cornélio Procópio, Jacarezinho, Telêmaco Borba e Apucarana. Além disso, a unidade aumentou em seis vezes sua capacidade de atendimento e praticamente dobrou a taxa de ocupação dos seus 62 leitos SUS.

De acordo com o superintendente de Gestão de Sistemas de Saúde, Paulo Almeida, o que foi feito em Andirá serve de exemplo para hospitais de baixa complexidade que enfrentam dificuldades financeiras para se manter. “Vocacionamos este hospital para atender a um determinado tipo de demanda. Desta forma, foi possível ampliar o número de pacientes atendidos e, consequentemente, aumentar também o faturamento da entidade”, declarou.

A média de cirurgias eletivas realizadas no local saltou de 20 para 130 procedimentos por mês. Pacientes que estavam há muito tempo na fila de espera do SUS são beneficiados. “O Hospital de Andirá é mais um parceiro do Estado no Mutirão Paranaense de Cirurgias Eletivas. Uma iniciativa inédita que está melhorando a qualidade de vida de milhares de pessoas”, relata Almeida.

A agricultora Benedita da Silva Viana, moradora de Carlópolis, conta que aguardava desde o ano passado por uma histerectomia – retirada do útero. “Fui diagnosticada com um mioma no útero e os médicos me orientaram a fazer esta cirurgia”, explicou ela, logo após ser submetida ao procedimento na sexta-feira (2). “Foi uma espera longa, mas fico feliz que correu tudo bem e agora estou mais tranquila”, relatou.

Incentivo

Desde julho, o Estado repassa ainda R$ 60 mil por mês à entidade para auxiliar na manutenção dos serviços. O recurso faz parte do incentivo de custeio do programa HospSUS, de qualificação dos hospitais públicos e filantrópicos do Paraná.

O administrador da Sociedade Hospitalar Beneficente de Andirá, Márcio Briganti, afirma que o apoio do Estado tem sido essencial para que a unidade se consolide como referência na rede pública de saúde. “Conseguimos equilibrar as contas e hoje já podemos pensar em ampliar nossa estrutura. Com os investimentos do Estado, vamos abrir outras duas salas cirúrgicas e avançar ainda mais na área de cirurgias eletivas”, detalhou.

Equipamentos

Hoje, o serviço conta com um centro cirúrgico composto por três salas para procedimentos. A abertura das novas salas será possível graças à formalização de um convênio com o governo estadual, que repassará R$ 749 mil para compra de equipamentos. 

Este será o segundo lote de aparelhos viabilizados pelo Estado. Nos últimos meses, o Hospital de Andirá recebeu um conjunto de equipamentos e materiais, como raio-x, carrinho de anestesia, monitores multiparamétricos, ventilador mecânico e um kit completo de urgência e emergência para o Pronto-Socorro.

(com Agência Estadual de Notícias)