22°
Máx
14°
Min

HU de Cascavel adere à visita aberta e promove curso de orientação

Visita aberta é um dos dispositivos do Plano Nacional de Humanização do SUS (Foto: Assessoria) - HU de Cascavel adere à visita aberta e promove curso de orientação
Visita aberta é um dos dispositivos do Plano Nacional de Humanização do SUS (Foto: Assessoria)

Uma importante mudança no horário de visita aos pacientes ocorrerá a partir da segunda quinzena de março no HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná).

O hospital aderiu à visita aberta, que é um dos dispositivos do PNH (Plano Nacional de Humanização) do SUS (Sistema Único de Saúde).

Na prática, significa que os horários fixos para visitações serão abolidos e as pessoas que querem visitar pacientes no HUOP podem escolher qualquer horário ao longo do dia.

Na maioria das alas o horário será das 10h às 20h em todos os dias da semana, com algumas exceções.

O diretor-administrativo do HUOP, Edson de Souza, destaca a aproximação que essa mudança vai promover entre a unidade hospitalar e a comunidade.

“Isso vai trazer mudanças positivas para o paciente e também para a comunidade que tem amigos ou familiares internados no HUOP, que poderá fazer visitas conforme a sua disponibilidade”.

Esses impactos positivos são vários níveis, por isso, a consultora do Ministério da Saúde, Eliane Benkendorf, estará no HUOP ministrando cursos para esclarecer os profissionais do hospital e a população.

O curso é promovido pela Comissão de Humanização do HUOP e pelo Núcleo de Segurança do Paciente e será entre os dias 22 a 24 de fevereiro.

Reforçando que ele é aberto a toda a comunidade de Cascavel e região. A coordenadora da Comissão de Humanização do HUOP, Laire Jussara Kielek, explica que os reflexos da Visita Aberta vão muito além da flexibilidade de horários.

Vai melhorar a rotina de trabalho dos profissionais e, principalmente, ajudará os pacientes a se reabilitarem mais rápido.

“A visita aberta é um direito do paciente. Quando só tem horários fixos para visita, o paciente se sente abandonado e quando estamos doentes, precisamos de atenção e de nos sentir acolhidos. E já é comprovado que o paciente que tem esse acolhimento, se recupera mais rapidamente”, detalha Laire.

Outra importante vantagem é quanto à rotina de trabalho. Toda a concentração de visitas em horários fixos traz muitas pessoas praticamente ao mesmo tempo no hospital.

Com a Visita Aberta, esse fluxo vai se diluir ao longo do dia.

Uma medida relativamente simples, mas que ajuda na humanização do atendimento hospitalar.

A Visita Aberta começa em meados de março, mas ainda não há uma data definida. Quando isso ocorrer, haverá uma ampla divulgação dos horários e das regras para liberação das visitas.

Cursos

Para detalhar a Visita Aberta e também outros assuntos a consultora do Ministério da Saúde, Eliane Benkendorf, ficará três dias no HUOP ministrando cursos aos trabalhadores de todas as áreas e à comunidade externa.

Nos dias 22 e 23 terá o curso Visita Aberta – Política Nacional de Humanização. No dia 22 será das 13h às 17h e no dia 23 das 9h às 11h. O evento será na sala 310, no 3º andar do prédio do Ceapac.

No dia 23 o curso será sobre Direitos e Deveres dos Usuários do SUS, que também faz parte da PNH. Será das 14h às 16h, também na sala 310.

E no dia 24 o tema será Saúde do Trabalho e do Trabalhador, das 9h às 11h, na sala 310.

Os três cursos são abertos à população e haverá emissão de certificados para quem fizer inscrição prévia pelo site: www.unioeste.br/sistemas/sgev.

Novos horários e regras

A visita aberta será das 10h às 20h em todos os dias da semana nas alas: Pediatria; Ortopedia e Neurologia; Maternidade, na de Clínica Médica e na Cirúrgica.

Em algumas alas os horários são diferenciados pois os pacientes requerem mais cuidados. Antes de entrar no HUOP será necessário apresentar na recepção um documento com foto.

O visitante será cadastrado e poderá ficar até 30 minutos na visitação sendo necessário aguardar caso o paciente esteja em atendimento.

Abaixo, as alas que terão horário diferenciado.

UTO Neonatal

Quartas-feiras das 20h30 às 21h; Sábados das 16h45 às 17h15 e domingos das 9h15 às 9h45.

O limite é dois visitantes por horário.

UTI Pediátrica

Visitas diárias pela manhã das 11h às 11h30 e à tarde das 16h30 às 17h

O limite é dois visitantes por horário.

UTI Geral

Visitas diárias pela manhã das 11h às 11h30, tarde das 16h30 às 17h e noite das 19h30 às 20h.

Limite de dois visitantes por horário.

Centro Obstétrico

Visitas diárias pela manhã das 10h30 às 11h e tarde das 18h às 18h30.

Limite de dois visitantes por horário.

Pronto Socorro

Visitas diárias pela manhã das 10h30 às 11h e tarde das 16h às 16h30.

Limite de dois visitantes por horário.

Sala de emergência

Visitas diárias pela manhã das 11h às 11h30 e tarde das 16h30 e das 17h.

Colaboração: Assessoria de imprensa