23°
Máx
12°
Min

Insatisfeitos, GMs protestam em frente ao Encontro dos Prefeitos Eleitos em Foz do Iguaçu

Guardas municipais de Foz do Iguaçu protestam nesta quinta-feira (1º) em frente ao Hotel Rafain Palace, onde acontece o Encontro dos Prefeitos Eleitos, evento organizado pelo Governo do Paraná.

Com o uso de faixas, eles expõem as reivindicações e denunciam problemas dentro da corporação. A categoria reclama das quatro parcelas faltantes das referências salariais que ainda não foram pagas, dos coletes comprados que tiverem que ser devolvidos e da falta de efetivo.

Quando à dívida, a prefeita Ivone Barofaldi (PSDB) já informou que não possui dinheiro em caixa para pagá-la. O prazo estipulado por lei já acabou. Cada referência equivale a 3% de aumento nos salários dos servidores, totalizando diferença de 12% nos valores.

Os coletes comprados recentemente também vieram com problemas. Nas amostras enviadas pela fábrica, os tamanhos estavam adequados. Contudo, no ato da entrega, os profissionais perceberam que os tamanhos eram menores que os solicitados. Metade dos equipamentos já foram devolvidos e serão substituídos nesta sexta-feira (2). Os outros 140 coletes serão enviados amanhã e a empresa terá 10 dias para efetuar a troca.

O efetivo da Guarda Municipal também não é reposto há 13 anos, segundo a categoria. A corporação começou com 320 profissionais, sendo que 255 trabalham atualmente, tendo em vista as demissões e aposentadorias. No começo, eram 450 seguranças patrimoniais e hoje, 142.

GMs protestam em frente ao Encontro de Prefeitos Eleitos