21°
Máx
17°
Min

Instalação de radares reduziu acidentes em 38% em Londrina, aponta CMTU

(foto: Marco Feltrin) - Instalação de radares reduziu acidentes em 38%, aponta CMTU
(foto: Marco Feltrin)

A instalação de 18 aparelhos de controle de velocidade e avanço de sinal vermelho reduziu em 38% o índice de acidentes nas vias equipadas em Londrina. A constatação é da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), que divulgou nesta segunda-feira (22) os dados de julho do ‘Placar do Trânsito’.

Em junho e julho, dois primeiros meses de operação dos radares, foram registrados dez acidentes nas ruas e avenidas que receberam os aparelhos, todos de baixa gravidade. Já nos meses de abril e maio, a companhia computou 16 acidentes.

Multas

Também houve redução no número de multas em julho, se comparado ao mês anterior. Foram registradas 18.671 infrações, 29% menos que em junho.

Segundo os cálculos da CMTU, a cada 455 veículos que passam pelos radares, um é multado.

A Duque de Caxias segue como campeã nas infrações por excesso de velocidade, com 2.543 multas, redução de 57% em relação ao mês anterior.

Já o avanço de sinal é mais cometido no cruzamento da avenida JK com rua Alagoas, com 439 infrações. Quando o assunto é a parada sobre a faixa de pedestre, a campeã de incidência é a avenida Tiradentes, no cruzamento com a rua Bauru.

Mortes

No mês de julho, sete pessoas morreram em acidentes de trânsito na cidade de Londrina. A estatística foi impulsionada pela ocorrência registrada na noite de 24 de julho na avenida Dez de Dezembro, quando um jovem de 15 anos ao volante provocou um acidente que causou a morte de quatro pessoas.

Outras duas mortes foram por atropelamento, na PR-445 e na avenida Dez de Dezembro. A sétima ocorrência fatal foi uma colisão entre carro e moto na zona oeste da cidade em que um dos veículos teria invadido a preferencial.

A CMTU reforça que todos os locais de acidente tinham sinalização correta.