26°
Máx
19°
Min

Instalação do ILS no aeroporto de Londrina começa em janeiro

(foto: Wilson Vieira/Videographic) - Instalação do ILS no aeroporto começa em janeiro
(foto: Wilson Vieira/Videographic)

 A Prefeitura de Londrina renovou o acordo de cooperação técnica com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). 

No documento, foi oficializada a instalação de sistema de pouso por instrumento categoria 1 (ILS CAT 1) no Aeroporto de Londrina, que promete resolver, em partes, o problema de fechamento constante das operações aéreas diante do mau tempo.

O acordo, que já foi assinado pelo prefeito Alexandre Kireeff e pelo diretor de Aeroportos da Infraero, João Marcio Jordão, contém plano de trabalho com cronograma de execução das ações, tanto por parte do Município como de responsabilidade da Infraero. O extrato do acordo de cooperação técnica entre o Município e a Infraero foi publicado na edição de quarta-feira (27), do Jornal Oficial do Município.

As melhorias serão executadas pela Infraero e têm início previsto para janeiro de 2017. “Além do ILS CAT 1, que já está comprado, será realizada a ampliação da pista de pouso e decolagem em 600 metros. O documento prevê ainda construção de nova pista de táxi, e remanejamento ou instalação dos auxílios à navegação aérea, também pela Infraero. Enquanto isso, o Município prossegue com as desapropriações de imóveis, e deverá transferir propriedades à União”, explicou Kireeff.

A expectativa é que, ao término do processo de ampliação e modernização, o Aeroporto de Londrina triplique o número de passageiros. “O número de pessoas que utilizam nosso Aeroporto só aumenta, e o volume de transporte de cargas é um dos que mais cresce no país. Com essa iniciativa, Londrina ganha competitividade, se estrutura para atrair empresas, além de consolidar o Aeroporto como referência na região. Por esses e outros motivos, esta é uma conquista muito importante”, ressaltou Kireeff.

O acordo de cooperação técnica foi assinado no final de junho, e tem vigência de 72 meses. Dentre as medidas de contrapartida, o Município será responsável por executar o recapeamento e manutenção das vias de acesso ao Aeroporto, principalmente da avenida Santos Dumont.

O prefeito adicionou que, devido ao tráfego na entrada e saída do Aeroporto, o acordo determina a duplicação de trecho da avenida Santos Dumont, em frente à praça Nishinomiya, e incorporação de trecho da rua Tenente João Maurício de Medeiros à praça. “Entre melhorias e obras de ampliação do nosso Aeroporto, serão investidos cerca de R$200 milhões pelo governo federal. Nas desapropriações, o Município já investiu R$36 milhões, somados a R$11 mi do governo do Estado”, informou Kireeff.

(com informações do Núcleo de Comunicação da Prefeitura)