22°
Máx
17°
Min

Integrantes do MST ocupam sede da Conab

(Foto: Divulgação/Conab) - Integrantes do MST ocupam sede da Conab
(Foto: Divulgação/Conab)

Cerca de 200 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra ocuparam na tarde desta quarta-feira (8), a sede da Companhia Nacional de Abastecimento do Paraná, que fica no bairro Alto da Glória, em Curitiba. A ocupação durou cerca de três e neste momento os manifestantes já deixaram o local.

Segundo Erli de Pádua Ribeiro, os integrantes do MST ocuparam o local para discutir políticas públicas para a agricultura familiar. “Eles entregaram uma pauta de reivindicações, pedindo, principalmente, o fortalecimento da Conab e o incentivo às cooperativas e à agricultura familiar”, afirmou o superintendente.

De acordo com ele, os integrantes ainda discutiram uma ampliação no orçamento da Companhia, responsável por acompanhar e auxiliar agricultores de todo o Brasil no planejamento do plantio até chegar à mesa do consumidor. “Eles defendem que o orçamento anual seja ampliado. Aqui no Paraná, estamos lutando para que a nossa receita seja ampliada de R$6 milhões para R$10 milhões anuais”, destacou Erli.

Conforme o superintende da Conab, a ocupação foi tranquila e pacífica. “Eles entraram aqui por volta das 14h30. Recebemos eles, discutimos os assuntos e negociamos a desocupação, que aconteceu por volta das 17h30, sem nenhum problema. Eles foram pacíficos, mas deram o recado deles.”

Segundo Erli, assim que saíram da sede da Conab, os manifestantes seguiram para a rua Doutor Faivre, onde se juntaram ao grupo de mais de mil integrantes do Movimento, que está acampado na frente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). De acordo Erli, lideranças do MST afirmaram que a sede do Instituto não chegou a ser ocupada na tarde de hoje (8).