21°
Máx
17°
Min

Irritado com críticas, empresário teria mandado matar amiga da namorada em Campo Mourão

(Foto: João Silvestrin/Tá Sabendo.com) - Irritado com críticas, empresário teria mandado matar amiga da namorada
(Foto: João Silvestrin/Tá Sabendo.com)

A Polícia Civil prendeu na noite dessa quinta-feira (5) um empresário de 22 anos, acusado de tentar matar Renata Franco, gerente comercial do portal Tá Sabendo.com, em Campo Mourão. O motivo do crime é curioso. Com uma possessividade doentia da namorada, ele estaria irritado com a vítima porque ela supostamente teria feito críticas sobre ele.

Após a expedição do mandado de prisão, equipes das polícias Militar e Civil fizeram um cerco para prender o empresário, que fugiu pela Perimetral Tancredo Neves com uma VW Saveiro até a Rua Mato Grosso, onde entrou em um matagal e acabou contido.

Já preso, o acusado disse ao delegado da 16ª Subdivisão Policial, Nagib Nassif Palma, que escapou porque pensou se tratar de um assalto, já que as viaturas estavam descaracterizadas. Palma destacou que há provas contundentes contra o empresário.

“Complexo. Uma história, que eu diria para vocês, que daria até filme, no qual um empresário aqui da cidade, de forma covarde, planejou e contratou uma pessoa para tentar matar a Renata”, contou.

O crime aconteceu em novembro do ano passado quando Renata Franco foi baleada, mas resistiu à tentativa de homicídio após vários dias internada. A Polícia Civil levantou que o empresário teria pagado R$ 15 mil ao atirador e ainda estaria negociando a morte de um policial militar que teria flertado com a sua namorada, com recompensa de R$ 7,5 mil pelo crime.

O advogado do suspeito, João Marcos Hannel, declarou que não teve acesso aos autos do inquérito, mas que seu cliente alega inocência. O atirador ainda se encontra foragido.

Colaboração Tá Sabendo.com