23°
Máx
12°
Min

'Japonês da Federal' é preso em Curitiba

(Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo) - 'Japonês da Federal' é preso em Curitiba
(Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo)

O policial federal Newton Ishii, que ficou conhecido como o "Japonês da Federal", foi detido nesta terça-feira (7) por uma decisão da 4ª Vara Federal de Foz do Iguaçu. Ele está na superintendência da PF em Curitiba.

A prisão está relacionada com a Operação Sucuri, deflagrada em 2003 para combater um esquema de facilitação de entrada de contrabando na fronteira entre Brasil e Paraguai. Ishii chegou a ser preso na época, mas foi reintegrado.

Em março deste ano, o Superior Tribunal de Justiça negou parcialmente o recurso de Ishii e manteve a sentença da Justiça Federal por corrupção e descaminho.

A Justiça Federal, em nota divulgada em 2009 - época das primeiras condenações -, informou que o departamento de Contra-Inteligência da PF descobriu no fim de 2002 um esquema criminoso com a participação de servidores públicos federais, intermediadores e contrabandistas para a entrada de mercadorias via Ponte Internacional da Amizade, mediante pagamento de propina.

Foi constatada a participação de 23 agentes da Polícia Federal, sete técnicos da Receita Federal e três policiais rodoviários federais. Havia uma omissão na fiscalização de forma consciente e voluntária. As placas dos veículos eram previamente informadas ao grupo.

Ishii ficou conhecido como "Japonês da Federal" após participar de uma série de operações relacionadas à Lava Jato. Ele foi tema até mesmo de marchinha de Carnaval.