24°
Máx
17°
Min

Jovem alega que atirou em ex-miss no ‘calor da emoção’

Foto: Ivair Basse / Rede Massa - Jovem alega que atirou em ex-miss no ‘calor da emoção’
Foto: Ivair Basse / Rede Massa

O depoimento do jovem Ângelo João Codo, 23 anos, durou pouco mais de 30 minutos, nesta sexta-feira (11), na Delegacia de Polícia Civil, de São Miguel do Iguaçu.

Acompanhado do advogado, Ijair Vamerlatti, o rapaz confessou a autoria do crime, mas alegou que agiu pela emoção, ao saber que a ex-namorada não queria voltar com ele, pois já estaria em outro relacionamento.

O defensor do rapaz afirma que ele não tinha a intenção de cometer o crime, no entanto, a versão apresentada, não convenceu a polícia.

Para o delegado Francisco Sampaio, os indícios apontam para a premeditação do crime, já que durante às buscas, ao suspeito, a polícia encontrou uma mala pronta, na casa dele.

Outro fator que chama a atenção é o fato do jovem ter ido ao trabalho da vítima armado com uma pistola 6.35.

“São fatores fortes que indicam a intenção dele. Já solicitamos ao poder judiciário a prisão preventiva, estamos no aguardo que ela seja deferia”, diz o delegado.

O advogado contesta a premeditação e explica os motivos do cliente andar armado.

“Ele nos disse que o distrito de São José do Itavó é um local bastante perigoso, por isso, andava armado”, afirmou.

Mas segundo os moradores da comunidade, o local é pacato. A investigação continua. Depois de prestar depoimento, Ângelo foi liberado. Flávia Trentin continua internada e nesta tarde seria submetida a uma cirurgia para retirar uma bala alojada na nuca.

Colaboração: Márcio Falcão e Ivair Basse / Rede Massa