27°
Máx
13°
Min

Jovem arranca dedo do marido de 71 anos com mordida

A Polícia Civil de Cianorte, no noroeste do Paraná, tenta encontrar uma jovem de 25 anos, que arrancou parte do dedo do marido, de 71 anos, com uma mordida. O caso foi registrado na madrugada de domingo (13), na residência onde vive o casal, às margens da Estrada do Tropeiro.

A expectativa era que a mulher se apresentasse nesta terça-feira (16), passadas as 24 horas que configuram crime em flagrante, mas isso não havia acontecido até as 17h.

O delegado adjunto da 21ª Subdivisão Policial de Cianorte, Carlos Gabriel Stecca, contou que o idoso teria discutido com a esposa por causa de ciúmes. Ela saiu na noite de sábado (12) e só voltou já no início da madrugada.

A jovem chegou brava, pois o marido denunciou à polícia que ela conduzia uma moto sem Carteira Nacional de Habilitação. Irritada, ela partiu para cima do idoso, que não teve como reagir.

O homem foi encaminhado para a Santa Casa, onde teve parte do polegar da mão amputada. A Polícia Civil investiga se a mulher ainda está em Cianorte.

“Vamos encaminhar a vítima para exames de lesão corporal para saber qual a gravidade das lesões. Queremos arrecadar um maior número de provas para indiciar ou até pedir a prisão da acusada”, declarou o delegado.