22°
Máx
16°
Min

Jovem baleada na cabeça passa por traqueostomia em hospital de Umuarama

Thaysa ainda corre risco de morte (Foto: Divulgação) - Jovem baleada na cabeça passa por traqueostomia em hospital
Thaysa ainda corre risco de morte (Foto: Divulgação)

O Hospital Norospar divulgou uma atualização sobre o estado de saúde de Thaysa Vilas Boas, baleada na cabeça no último dia 11, em Tapejara. Internada em Umuarama, ela precisou de um procedimento de traqueostomia nessa terça-feira (19).

Os médicos fizeram uma cavidade no pescoço da jovem para ajudá-la na respiração, que segue sendo feita por aparelhos. Thaysa continua em coma induzido e recebe medicamentos para o controle da pressão sanguínea.

A jovem estava no sétimo mês de gestação quando sofreu a tentativa de homicídio. O bebê foi retirado em uma cesárea de emergência, mas Lívia – como foi registrada – morreu com apenas três dias.

A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (20) que não há novidades na investigação. Inicialmente, o ex-companheiro da vítima foi apontado como principal suspeito, mas depois teria surgido um segundo nome.

Enquanto as investigações não avançam, Thaysa Vilas Boas continua em estado gravíssimo, correndo risco de morte.