22°
Máx
16°
Min

Juíza aumenta para R$ 17 mil fiança do motorista embriagado

(Foto: Divulgação) - Juíza aumenta para R$ 17 mil fiança do motorista embriagado
(Foto: Divulgação)

A juíza Ketbi Astir José reclassificou o crime do qual é acusado Pedro Antonio Frasson Filho, 22 anos, que se envolveu em um acidente em Sarandi, na última sexta-feira (26), com a morte de Rafael Laraniaga Gomes Capriotti, 28.

O crime foi reclassificado de homicídio culposo para com dolo eventual devido ao fato de Pedro Antonio Frasson Filho estar embriagado no momento do acidente. A magistrada também alterou a fiança inicialmente arbitrada pelo delegado de Sarandi, Reginaldo Caetano da Silva. O valor subiu de R$ 3 mil para R$ 17,6 mil (vinte salários mínimos) e já foi pago.

As notícias animaram a família do falecido no acidente, como informou a irmã de Rafael, Géssica Laraniaga Gomes Capriotti. 

“Eu acho que isso está dando força pra gente ir atrás de Justiça, para que isso não aconteça de novo e não destrua outras famílias”, declarou.

No sábado (2), a família vai promover uma passeata para pedir a punição do motorista da Land Rover envolvida no acidente, Pedro Antonio Frasson Filho. A mobilização vai começar no local do acidente, em frente ao Posto Querência, e seguirá até a delegacia de Sarandi.